Tag: lucro

🥇 Importações da China: Ganhe Dinheiro com elas! Saiba tudo AQUI! 🤔

Olá meninas! O post hoje é para quem deseja começar um negócio. Importar da China e ainda ganhar dinheiro com isso é um negócio que pode ser estável e que já gerou diversos empreendimentos de sucesso. Primeiramente, o que deve ficar claro é que lidar com empresas asiáticas e americanas é bem diferente do que acontece no Brasil.

Se você deseja entrar nesse negócio, é preciso se informar primeiro. Caso contrário, pode acabar adquirindo produtos ruins e que não terão uso nem valor. Se você tomar cuidado, souber o que está fazendo e também o que precisa evitar, você pode fazer uma fortuna gradativamente, com trabalho e um pequeno capital.

Antes de mais nada, você deve considerar vários aspectos como:

  • Onde encontrar bons fornecedores?
  • O que você irá vender?
  • Quais as orientações de mercado?
  • Como evitar ser enganada ou receber produtos ruins da China?
  • Onde encontrar os melhores preços?
  • Como se comunicar com os chineses?
  • Como vai vender?

Existem pessoas que constroem um verdadeiro império, mas também as que não chegam a lugar algum. O retorno varia entre R$ 5.000 e R$ 30.000.  Se você deseja a resposta para todas essas perguntas e pretende começar seu negócio, este artigo foi feito para você! Basta continuar lendo até o final para saber tudo sobre importações da China.

Como começar a importar da China?

É super comum vermos na Internet perguntas de pessoas que desejam importar da China sem pagar impostos. Isso não é prático nem conveniente, caso você esteja buscando um negócio legítimo.

A melhor maneira de importar da China é por meio de empresas que se dedicam exclusivamente a esta área, caso você não queira ter de lidar sozinha com toda papelada e sistema burocrático.

Portanto, para essa opção, a melhor forma de importar da China é por meio de empresas de importação e exportação.

As empresas que importam são responsáveis ​​pela gestão do embarque, pelos impostos e pelo desembaraço aduaneiro de seus produtos. Dessa forma, você só precisa se preocupar em vender.

Se você está começando, essa é a melhor maneira. Assim, você pode entrar nesse mercado sem precisar esperar muito tempo para poder vender os seus produtos.

O melhor disso tudo é que é tudo feito legalmente e eles sempre enviam as notas fiscais, para que mais tarde você possa deduzir dos impostos, aumentando assim a margem de lucro.

Método ideal para importar produtos da China

A modalidade de envio que você escolher dependerá muito da sua necessidade, mas as principais são:

– Envio por correio postal nacional. Geralmente China Post.

Vantagens: É super econômico (mas essa é a única vantagem que você consegue encontrar).

Desvantagens: Os produtos demoram entre 20 a 45 dias para chegar. Além disso, se forem extraviados ninguém será responsável e não existe meio efetivo de rastrear seu pedido.

– Frete com Courier comercial ou Curier. (DHL, UPS, FedEx,).

Vantagens: Faz o acompanhamento de mercadorias. Seu pedido chega bem mais rápido, em cerca de 5-7 dias. Além disso, inclui seguro (opcional) e você pode reivindicá-lo caso o produto seja extraviado ou não chegue.

Desvantagens: Uma das grandes desvantagens é que o custo de transporte costuma ser bastante caro.

Encontre bons fornecedores

Encontrar fornecedores confiáveis não é tarefa fácil. No entanto, se você seguir as próximas dicas, com certeza aumentará as chances de encontrar um bom fornecedor.

Os principais fornecedores confiáveis são do Alibaba e do AliExpress.

A vantagem que você encontra no Alibaba é que você corta os intermediários do seu produto. Afinal, lá você encontra os próprios fabricantes da mercadoria e isso dá a você a vantagem de comprar diretamente do fabricante.

No Alibaba, você só deve procurar fornecedores que sejam membros Gold. Ainda que os produtos de outros fornecedores que não são membros Gold sejam mais baratos ou as fotos sejam melhores.

Faça disso uma lei. Isso vai ajudar você a evitar 98% dos golpes e fraudes. Afinal, membros Gold têm certificações e verificações. O fornecedor escolhido também deve aceitar pagamentos via Paypal, além de responder de rápido às mensagens.

Dicas para encontrar o produto ideal para vender

Antes de começar a procurar por produtos freneticamente, tenha as seguintes questões em mente:

  • Precisa ser pequeno e leve;
  • Precisa ser um artigo simples;
  • Tem que estar na faixa de U$ 10 a 200 dólares;
  • Não venda o que todos já vendem, inove!;
  • Não venda itens sazonais, que só são vendidos em determinadas estações, como artigos de natal, feriados ou estações do ano.

Confira o vídeo que separei para você sobre o assunto:

Onde buscar ideias de mercadorias para vender?

Acesse sites como Mercado livre, Amazon, AliExpress e Light in box. Seu objetivo nessa busca é verificar quais produtos estão vendendo mais.

Verifique também quais desses itens que estão vendendo bastante não são facilmente encontrados no Brasil. Se muita gente já vender por aqui, não adianta. O enfoque deve ser sempre em coisas inovadoras.

 Como identificar e contatar fornecedores?

Agora que você já decidiu qual será o seu produto, peça amostras na página do Alibaba e contate ao menos de 5 a 10 fornecedores no Alibaba imediatamente.

Peça informações sobre pagamentos, envio, políticas, listas de preços e catálogos. Assim você descobre com quem manter negócio.

Como vender seus produtos nos canais de distribuição existentes?

Cabe a você decidir quanto estoque você vai precisar para começar o negócio de importação. Se você quiser, pode encomendar de 1 a 5 peças, apenas para começar e pedir mais quando o estoque acabar. Desta forma, o capital que sai de seus ganhos pode ser reinvestido em um maior volume de mercadorias e, se você não vender, então não compre mais.

No entanto, uma ótima dica é nunca esperar o estoque acabar para renová-lo. Se você nota que um determinado produto está indo muito rápido e vendendo bastante, trate de renovar logo o estoque. Afinal, vai demorar bastante até a nova remessa chegar, e você não quer ficar sem produto, não é?

Nada te impede de comprar 1 unidade do produto, mas seu progresso vai ser um pouco mais lento. O ideal mesmo é de 5 a 10 peças.

Em um primeiro momento, venda seu produto pelos canais de distribuição menos exigentes: Mercado Livre, eBay, anúncios ao vivo, segunda mão e, claro, fisicamente em sua vizinhança, em bazares, lojas de presentes, amigos, família, pequenas lojas, feiras, concertos, exposições ou qualquer empresa que esteja relacionada a sua mercadoria.

Em um período de 2 a 5 dias, você pode já vender no Mercado Livre. Procure enviar o item assim que o pagamento for creditado e embalar com capricho a entrega antes de enviar.

Uma dica é anexar um agradecimento aos seus clientes por ter escolhido você, ou então dar um desconto de cortesia na próxima compra. Isso é ótimo porque você garante que o cliente irá diretamente a você na próxima vez que for fazer compras.

Confira o vídeo a seguir, relacionado a esse tema, para aprender ainda mais:

Para mais conteúdo, clique aqui.

You cannot copy content of this page